VESTUÁRIO COM TRATAMENTO REPELENTE QUE PROTEGE DA PICADA DE MOSQUITOS

• Os micro encapsulamentos e as nano partículas são soluções que actualmente podem exercer diversas funções, entre as quais a repelência de insectos.

• O tecido foi desenvolvido para evitar a picada de mosquitos responsáveis por problemas de pele (vermelhidões, inchaços, etc) e pela transmissão de graves doenças, tais como o dengue e a malária.

• O vestuário Ztop foi testado através de ensaios laboratoriais realizados de acordo com as metodologias designadas pela Organização Mundial de Saúde. Os resultados obtidos indicam que o vestuário Ztop apresenta eficácia, aproximadamente, até às 100 lavagens.

• O seu uso pode ser uma ferramenta eficaz na prevenção de picadas de mosquitos.

• No caso dos mosquitos a solução aplicada no acabamento dos produtos têxteis (principio activo) actua bloqueando os poros das antenas dos mosquitos fêmeas impedindo-as de pousar sobre a sua vítima, mesmo tendo sido estimulados pela presença de dióxido de carbono.

• A eficácia dos tecidos testados foi analisada através das estimativas dos índices de repelência (IRE) e de redução da refeição sanguínea (BFI) contra a espécie An. gambiae. Para um produto ser considerado eficaz estes índices deverão apresentar valores próximos ou superiores a 50 (Müller et al., 2009). A situação de repelência induzida pelo composto permetrina foi observada em todos os ensaios incluindo aqueles em que foram testados tecidos com 100 lavagens.

• Através de outros estudos, constatou-se ainda que o referido índice de repelência não sofre grandes alterações (permanecendo os valores superiores a 50) quando os ensaios/testes são realizados com outras espécies de insetos, nomeadamente da espécie do Aedes. Apesar de o IRE sobre a espécie Anopheles ser superior ao IRE da espécie Aedes as diferenças são muito pouco significativas e a estimativa do IRE obtido é sempre superior a 50.